Agropecuária sustenta crescimento de vagas com carteira assinada

Agropecuária sustenta crescimento de vagas com carteira assinada
Agronegócios Todas

O bom momento vivido pela agropecuária foi o principal responsável pelo resultado positivo na criação de vagas com carteira assinada em maio.

Entre demissões e contratações, foram criadas 34,2 mil vagas com carteira assinada no país em maio. O número é metade do obtido em abril (68,1 mil), mas é a primeira vez em mais de dois anos em que há dois meses seguidos de bons resultados.

A agricultura e a pecuária responderam por 46 mil vagas criadas no mês passado. Outros três setores (indústria de transformação, serviços e administração pública) também geraram postos, mas em patamar bem inferior: 4.376.

Ou seja, 90% das vagas criadas surgiram no campo. A agropecuária foi a principal responsável pela alta de 1% do PIB no primeiro trimestre, com a melhora da safra.

O pico do emprego

Segundo o coordenador de estatísticas do Ministério do Trabalho, Mário Magalhães, o pico do emprego costuma acontecer no segundo semestre do ano, mas é difícil prever como o mercado de trabalho vai se comportar.

“O mercado de trabalho é uma caixinha de surpresas.”

Fontes: Abag (Associação Brasileira do Agronegócio) e Folha de São Paulo


Clube do Mate Oficial

Somos todos parte de uma grande família!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com